Ir para o conteúdo

Infraestrutura

A Casa de Oswaldo Cruz está situada no prédio do Centro de Documentação e História da Saúde (CDHS) no campus Manguinhos. As dependências dos cursos de pós-graduação da COC contam com quatro salas de aula (304, 305, 306, 308), com capacidade total para 90 lugares, equipadas com aparelhagem de som, televisão, DVD e projetor multimídia. Três das salas possuem divisória retrátil, podendo ser transformadas em um auditório com capacidade para 60 lugares. Além das salas de aula o prédio possui um auditório com capacidade para 60 pessoas, equipado com sistema de som e de projeção, que poderá receber palestras, conferências, aulas inaugurais etc. A unidade tem uma secretaria acadêmica centralizada agilizando o contato e a comunicação com os alunos na solução de solicitações, aquisição de material das aulas, marcação de defesas, contato com orientadores etc.

O espaço de convivência e estudos dos alunos (sala 302) está equipado com seis computadores ligados à Internet e à Intranet (Rede Fiocruz) e com armários para guarda de material. Neste espaço os alunos têm acesso ao Portal de Periódicos da CAPES. Os computadores estão conectados ao Serviço de Reprografia e Encadernação (sala 303), que fica ao lado desta sala e fornece, mediante pagamento de taxa de serviço, cópias xerográficas P&B. (Horário de funcionamento do espaço de convivência dos alunos: de segunda à sexta-feira, das 09:30hs às 17:00hs). O edifício conta ainda com um solário em seu último pavimento, projetado para permitir o convívio de funcionários, alunos e visitantes.

Além disso, a Casa de Oswaldo Cruz, instituição à qual o Programa se vincula, conta com um Arquivo e uma Biblioteca dedicados à história das ciências e da saúde. Há ainda à disposição dos alunos a Rede de Bibliotecas da Fundação Oswaldo Cruz, constituída por dez bibliotecas articuladas em rede.

Destacam-se, entres os espaços da COC associados ao Mestrado:

- Museu da Vida - Museu de ciência interativo, espaço de integração entre ciência, cultura e sociedade, tem por objetivo informar e educar em ciência, saúde e tecnologia de forma lúdica e criativa, através de exposições permanentes e temporárias, atividades interativas, multimídias, teatro, vídeo e laboratórios. Trata-se de uma iniciativa da Casa de Oswaldo Cruz que visa proporcionar à população a compreensão do processo e dos desenvolvimento científicos e de seu impacto no cotidiano, ampliando sua participação em questões ligadas à saúde e a C&T.

- Reserva Técnica - Embora faça parte do Museu da Vida, vale dar destaque à Reserva T écnica, vinculada ao Serviço de Museologia do museu, que tem como atribuições preservar, organizar e divulgar o acervo museológico sob sua responsabilidade; propor ações museológicas para o desenvolvimento das atividades realizadas pelo museu; e propor, desenvolver e executar exposições.

A Casa de Oswaldo Cruz possui ainda outros espaços institucionais e serviços que podem servir como locais para pesquisas dos alunos. Entre eles destaca-se o Serviço de Arquivo Histórico do Departamento de Arquivo e Documentação. O curso pode contar ainda com infraestrutura de outras unidades da Fiocruz, como o Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnologia em Saúde (ICICT) e o Instituto Oswaldo Cruz (IOC). Dentro do IOC está o Museu de Anatomia Patológica, que visa realizar pesquisa, desenvolvimento tecnológico, inovação e formação de Recursos Humanos na área de patologia, entre outras.

Os parceiros deste Mestrado (a saber, Jardim Botânico do Rio de Janeiro, Museu de Astronomia e Ciências Afins, Fundação CECIERJ e Universidade Federal do Rio de Janeiro) também possuem infraestrutura e profissionais qualificados para orientar a realização das atividades dos alunos e docentes, tanto em aulas práticas como na realização de pesquisas relacionadas à Divulgação Científica. Cabe mencionar que estes parceiros possuem espaços de visitação:

- Jardim Botânico do Rio de Janeiro - além do próprio Jardim, a instituição desenvolve atividades e estudos em Divulgação Científica, recebe cerca de 790 mil visitantes por ano e conta também com o Museu do Meio Ambiente.
- Museu de Astronomia e Ciências Afins - um dos primeiros museus interativos do estado do Rio de Janeiro, desenvolve diversas linhas de estudo.
- Fundação CECIERJ - conta com o Museu Ciência e Vida, único museu de ciência de seu tipo em Caxias e uma das poucas atrações culturais do município.
- Universidade Federal do Rio de Janeiro - possui a Casa da Ciência, centro de ciências interativo que conta com exposições de curta e média duração; o Museu da Geodiversidade; o Espaço COPPE Miguel de Simoni Tecnologia e Desenvolvimento; entre outros espaços de Divulgação Científica.

Além disso, a Fiocruz possui um Centro de Apoio ao Discente (CAD-Fiocruz), inaugurado no dia 30 de novembro de 2017 e vinculado à Coordenação-Geral de Educação da Vice-Presidência de Educação, Informação e Comunicação da fundação. Funcionando como um espaço de escuta psicossocial, o CAD-Fiocruz tem o objetivo de acompanhar os estudantes durante sua permanência na instituição, favorecendo a integração e o equacionamento das situações individuais e coletivas que possam vir a influenciar no bem-estar, no desempenho acadêmico e no desenvolvimento profissional dos estudantes.

map

Centro de Documentação e História da Saúde (CDHS) - sala 307
Fundação Oswaldo Cruz
Av. Brasil, 4365, Manguinhos - Rio de Janeiro. CEP 21040-900
Tel.: (+ 55 21) 3865-2234 / 3865-2244 / 3865-2288
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Todo o conteúdo do Portal COC pode ser copiado, distribuído, exibido e reproduzido livremente, para fins não comerciais, desde que seja citada a fonte. A utilização para fins comerciais está sujeita a uma licença da COC/Fiocruz